Central Telefônica: 71 3203.5555 . Centro Médico: 71 3203.3400 . Marcação de Exames: 71 3203.5601

Notícia

HOME / Hospital / Notícias / 2017 / Junho / Teste do pezinho

Teste do pezinho

testeApenas poucas gotinhas de sangue coletado do bebê (geralmente no calcanhar) podem identificar, logo nos primeiros dias de vida, um leque de doenças graves que afetam o desenvolvimento infantil e, inclusive, salvar a vida da criança. É o teste do pezinho, exame obrigatório para todos os recém-nascidos do país, realizado na Maternidade Santamaria do Hospital Português. Fácil de coletar e rápido, o teste deve ser feito no intervalo das 48 horas do nascimento até os primeiros cinco dias de vida, com o bebê alimentado adequadamente, para evitar alterações no resultado.

 

A triagem básica é gratuita, sendo realizada em maternidades públicas e postos de saúde (depois da alta médica). Os planos de saúde também dão cobertura para realização do teste em  maternidades particulares e laboratórios de analises clínicas. Por ser uma avaliação de triagem, o teste positivo não significa que a criança está doente, sendo recomendada uma nova coleta para confirmação.


A triagem básica do teste pode diagnosticar doenças como:

 

  • FENILCETONÚRIA doença genética ligada ao metabolismo do aminoácido (fenilalanina), encontrado na proteína de vários alimentos, como carne, leite e ovos. Pode comprometer o desenvolvimento neurológico da criança, exigindo mudança radical na alimentação por toda a vida.

 

  • ANEMIA FALCIFORME: doença hereditária em que as hemácias (glóbulos vermelhos) assumem formato de meia-lua, gerando má circulação sanguínea e oxigenação deficiente do organismo. Pode causar complicações em praticamente todos os órgãos e sistemas do corpo.

 

  • HIPERPLASIA ADRENAL CONGÊNITA: algumas anormalidades nas glândulas suprarrenais podem alterar o desenvolvimento da genitália externa do bebê. Também pode causar perda exagerada de sais minerais e aumento de potássio já na primeira semana de vida, originando um quadro grave que pode levar à morte.

 

  • FIBROSE CÍSTICA: doença genética, ligada ao transporte deficiente de cloro e sódio nas células, produz uma secreção espessa que pode obstruir os pulmões, causar dificuldades respiratórias, facilitar a proliferação de bactérias e insuficiência no pâncreas, afetando a digestão.

 

 

Na triagem ampliada do teste do pezinho, realizada também no Hospital Português, é possível diagnosticar doenças como:

 

  • GALACTOSEMIA: grupo de doenças genéticas caracterizado pela dificuldade no metabolismo de açúcar do leite, a galactose (não confundir com intolerância à lactose, ligada à deficiência de lactase, outro tipo de açúcar do leite). Os sintomas, já nas primeiras semanas de vida, incluem vômitos, diarreia, icterícia, distúrbios no fígado e nos olhos (catarata). A falta de tratamento precoce pode ser letal.
  • DEFICIÊNCIA DE GLICOSE-6-FOSFATO DESIDROGENASE (G6PD): a deficiência dessa enzima afeta as hemácias, originando anemias hemolíticas (que destroem os glóbulos vermelhos), tendo intensidade variável. A crise anêmica pode surgir com infecções rotineiras ou uso de medicamentos (há uma lista de fármacos a serem evitados).

 

  • TOXOPLASMOSE CONGÊNITA: doença infecciosa, transmitida durante a gestação, pode causar sequelas graves, desde inflamações na retina até problemas neurológicos. Os sintomas nem sempre são evidentes. Tratar a infecção precocemente evita e reduz as complicações.

                 

Leia a revista Imagem Real de Junho/17:
http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real

                                   

       
ANAHP - Associação Nacional de Hospitais Privados ONA - Organização Nacional de Acreditação Creditação  Qmentum
   
Av. Princesa Isabel, 914, Barra Avenida, 40.140-901, Salvador, Bahia.
71 3203.5147 71 3203.5555 71 3203.3400 71 3203.5601